27 visualizações

#64 Garantindo futuros: a importância do grantmaking

Autores/Participantes : Richard Sippli, Ronaldo Silvestre

Adicionar aos "Meus Favoritos" Acesse site de origem

Em 2020, o Censo GIFE revelou que o volume doado por organizações para terceiros foi maior do que o utilizado em iniciativas próprias, com aumento de 105% em relação ao levantamento anterior e com volume de R$ 2,5 bilhões em investimentos. Os números demonstram que a prática do grantmaking é uma tendência interessante para o terceiro setor brasileiro, que pode garantir o futuro de projetos e instituições a longo prazo. Mas o que é grantmaking? Quais as vantagens dessa prática? Como garantir que esses números continuem crescendo e consolidando colaborações? 

Para esclarecer o assunto, a equipe “Aqui se faz, AQUI SE DOA!” chamou o Richard Sippli, coordenador de relações institucionais do Movimento Bem Maior, e o Ronaldo Silvestre, fundador e presidente do Instituto ITI – Igualdade, Transformação & Inovação Social.

Ano de publicação
Autores/
Participantes
Organizações responsáveis
Temas
Foco geográfico
Idiomas
Tipo de conteúdo
Direitos autorais
Copyright Editora MOL 2022