Os efeitos sobre grupos sociais e territórios vulnerabilizados das medidas de enfrentamento à crise sanitária da Covid-19: propostas para o aperfeiçoamento da ação pública

Autor(es) : Roberto Rocha C. Pires

A recente pandemia causada pelo novo coronavírus desencadeou um cenário de incerteza para as respostas e medidas necessárias ao seu enfrentamento no campo sanitário e econômico, por parte dos governos ao redor do mundo. As autoridades sanitárias brasileiras e internacionais têm convergido no sentido da implementação de medidas que poderiam ser agrupadas sob três grandes estratégias: a recomendação ou determinação do isolamento e do distanciamento social; a ampliação da capacidade de atendimento dos serviços de saúde; e formas de apoio econômico a cidadãos, famílias e empresas. No entanto, nem sempre há um esforço claro de articulação e coordenação, a nível nacional, para o enfrentamento da crise.

Ano de publicação
Foco geográfico
Idiomas
Tipo do Documento
Direitos autorais
Copyright Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) 2020