Modelo de financiamento autêntico: oportunidades para avançar

Autor(es) : Daniele Próspero, Rodrigo Bueno

Este segundo fascículo da Coleção Mobiliza apresenta um conteúdo que pretende ampliar a concepção do tradicional plano de mobilização de recursos. Acreditamos que, mais do que um simples plano, as OSC precisam de modelos sólidos para se financiar ou se sustentar. E os modelos precisam atender a seu propósito, e não o contrário. Mas o que isso significa? Em primeiro lugar, entendemos que um modelo de financiamento difere de um plano de captação de recursos por dois motivos principais: 1. Considera uma ampla possibilidade de atração de capitais, que vai desde a doação até a busca de investimentos ou empréstimos; e 2. Olha o longo prazo, buscando recursos para projetos e para o fortalecimento institucional. Em segundo lugar, nossa preocupação é que o desenho do modelo de financiamento seja autêntico, com sentido: “Diga-me como tu te financias e te direi quem és” é a máxima. Em tempos de recursos escassos e de supervalorização de negócios em detrimento de modelos de transformação social, o risco que corremos é que, em busca de manter equipes, as organizações procurem diversificar as fontes de receitas sem pensar se essa diversificação as fortalecem de verdade ou as enfraquecem no longo prazo.

Ano de publicação
Editores
Foco geográfico
Idiomas
Tipo do Documento
Direitos autorais
Copyright 2017 by Mobiliza. All rights reserved.