543 downloads · 928 visualizações

Governança no terceiro setor : estudo descritivo-exploratório do comportamento de conselhos curadores de fundações empresariais no Brasil

Autores/Participantes : Luciano Sathler Rosa Guimarães

A governança em organizações do Terceiro Setor é uma das áreas nas quais o tema governança se mostra essencial para o estudo organizacional. Dentre os vários tipos de entidades que compõem esse segmento esta tese enfoca enquanto categoria analisada as fundações empresariais com atuação no Brasil. Essa escolha foi devido à crescente importância econômica e, principalmente, o potencial dessas organizações enquanto promotoras de desenvolvimento social. O investimento social privado dessa forma organizado tem um potencial de transformar realidades socioambientais e colaborar com o avanço de práticas de Responsabilidade Social Empresarial. O estudo descritivo-exploratório foi feito a partir de quatro casos: Fundação Iochpe, Fundação Itaú Social, Fundação Orsa e Fundação Telefônica.  Foram realizadas análises documentais, entrevistados diretores, superintendentes executivos ou pessoas do staff diretamente envolvidas na relação com o Conselho Curador e outros órgãos consultivos e, aplicado um questionário aos membros do Conselho Curador. O objetivo foi verificar se os participantes de conselhos curadores exercem suas funções, a partir da perspectiva de desempenho esperado no que se refere aos seguintes itens de monitoramento: determinação de missão e propósito, supervisão de programas e serviços, planejamento estratégico, controles orçamentários, avaliação do gestor / executivo. Também visou conhecer os procedimentos de indicação, interação e capacitação dos conselheiros, além das relações que se estabelecem entre estes, os instituidores e o staff. Dentre os resultados encontrados verificou-se que há forte influência das empresas instituidoras na composição e funcionamento dos Conselhos Curadores, bem como na gestão das fundações empresariais, seguindo-se a Filantropia Empresarial Estratégica como fundamento das relações interinstitucionais. Também se averiguou que há divergências entre as funções esperadas no exercício dos conselheiros e sua real atuação.

Ano de publicação
Autores/
Participantes
Organizações responsáveis
Foco geográfico
Idiomas
Direitos autorais
Copyright 2008 by Universidade de Sao Paulo. All rights reserved.